Quer mudar? Mude! E mude agora | Arita - Treinamento de Inteligência emocional

Quer mudar? Mude! E mude agora

Quer mudar? Mude! E mude agora

Tem gente que tem vontade de fazer algumas mudanças na vida. Já, outros, não que-rem fazer mudanças, mas sabem que precisam deles. E há ainda um outro grupo, que nem sabe que precisa mudar algo. Seja lá qual for a categoria, fato é que mudar requer alguns ingredientes que podem ser ótimos e também podem ser bastante incômodos.

Para mudar é preciso, antes de mais nada, querer. A decisão é o primeiro passo para a mudança de vida. E não importa qual saúde precisa de mudanças – trocar de emprego, na Saúde Profissional, abrir-se para um amor ou recomeçar uma nova forma de relacio-namento com o atual parceiro, na Saúde Familiar, controlar melhor o dinheiro e gastar menos, na Saúde Financeira. Não importa em qual saúde se concentra a mudança, pon-to comum é que, para que ela seja realmente efetiva e se concretize, é preciso querer.

Depois de ter certo em mente que se quer mudar, é hora de começar a planejar os pas-sos para esta mudança. Afinal, de nada adianta esperar resultados novos, fazendo as mesmas coisas. É loucura! Ainda mais, é garantia de frustração. Neste momento, é pre-ciso ter também uma dose de coragem para olhar para dentro, ver o que está funcio-nando e o que não serve mais. E humildade, para assumir que você está fazendo algo errado. Ou, então, que mesmo que não esteja fazendo errado, deseja simplesmente mudar, porque tem anseios diferentes, quer experimentar novos caminhos.

Pronto. Já está decidido. E também já foi olhado para dentro. Sabe-se o que tem dado certo e o que não funciona mais. Agora, é hora de agir. Neste exato momento é que mui-ta gente empaca e não sai do lugar. Talvez por crenças negativas, talvez por medo, tal-vez por autoboicote. Dar o passo em direção à mudança pode ser super desafiador para muita gente, sobretudo para quem tem uma personalidade mais conservadora, sofre com a rejeição, é inseguro ou tem muito medo do desconhecido.

Se a pessoa se encontra neste último grupo, o ideal é identificar isso e buscar tratamen-tos com terapeutas ou psicólogos, senão é bem provável que não saia do lugar. Uma vez trazendo as crenças e os traumas para a consciência – e ressignificando-os – será possível, de fato, mudar. Caso contrário, é só perda de energia e pouco resultado efeti-vo.

A partir de então, é só agir. Ir com coragem e peito aberto rumo à nova vida. E não há motivos para deixar para depois, já que procrastinação é mais um sintoma do medo e do autoboicote. Se decidiu que quer um novo emprego, comece a tomar as atitudes hoje mesmo! Quer comprar uma casa no ano que vem? Isso já está decidido? Comece agora mesmo a tomar as atitudes que fazem parte deste plano. Não espere pelo tal momento certo. O momento certo é agora, afinal o agora é tudo de mais certo que temos. Então, comece neste exato instante, por exemplo cortando aquele cafezinho caro da padaria da esquina, para economizar alguns reais, que no fim do mês somarão na conta das economias para a compra da casa no ano que vem.

Decidiu que quer emagrecer? Comece agora mesmo a caminhar no sentido da mudan-ça. Não dê desculpas, como “ah, mas não tenho dinheiro para pagar uma academia”, “não dá para começar a dieta, porque ainda não fui à nutricionista”. Tudo isso é descul-pa que a mente está craque em dar, para impedir a realização dos nossos sonhos. A saída mais certa é usar as ferramentas que já existem, ao invés de postergar a mudan-ça. Comece agora mesmo a cortar a sobremesa açucarada e o refrigerante de seu al-moço, por exemplo. Não tem como pagar a academia? Tudo bem! Faça uma caminhada de 30 minutos, no fim da tarde, e pronto, já se mexeu.

A medida que vamos agindo na direção da mudança, nos sentimos com mais força de vontade para continuar. Sair da inércia é difícil e requer uma grande concentração de energia, mas funciona muito bem. A mente entende que é para frente que se anda e começa a nos estimular neste sentido. Por isso, arregace as mangas e mude sua vida agora mesmo. Está em suas mãos!

ARTIGOS RELACIONADOS