Por que a verdade dói – e mesmo assim nos faz bem? | Arita - Treinamento de Inteligência emocional

Por que a verdade dói – e mesmo assim nos faz bem?

Por que a verdade dói – e mesmo assim nos faz bem?

Por que a verdade dói – e mesmo assim nos faz bem?

Estamos rodeados de indivíduos cheios de expectativas em relação a ao próximo e todo e qualquer comportamento é julgado perante os olhos ao lado. É por isso que, muitas vezes, renunciamos ao que é real e ficamos presos a mentiras. A verdade dói, mas ela é um instrumento poderoso para nos fortalecer e nos fazer amadurecer.

Quando dizemos “a verdade dói”, não nos referimos às questões morais, ou o que é certo e errado para cada um. Nós queremos refletir sobre a habilidade de assimilar o que está oculto e nos traz sofrimento e sobre lidar com o quanto/como isso pode nos machucar efetivamente.

Por que a verdade dói?

Simples: junto com a verdade vem o sentimento de fraqueza, frustração e infelicidade, mas todos são sentimentos momentâneos. Enfrentar esse tipo de situação e de emoção nos fortalece, capacita-nos para os desafios que estão a nossa volta e ajudam a termos mais autoestima e autoconhecimento.

Conversar com o cônjuge e expor que o casamento não está bem há algum tempo; assumir que o seu emprego não traz satisfação; realizar que aqueles amigos que você tanto gosta só te fazem mal; mudar comportamentos e posturas que farão mal à saúde a longo prazo. Criar consciência sobre o que é mentira em sua vida e tomar providências só te trará uma consequência: felicidade.

A verdade dói, mas você é mais forte

Você pode tomar as rédeas da sua vida e escolher o quanto aquilo vai te machucar, então não pense duas vezes antes de adotar comportamentos que te tornarão mais forte:

  1. Aprimore (ou desenvolva) inteligência emocional. Está incrível ferramenta te ajuda a entender aspectos fundamentais da sua personalidade e da sua história de vida e como isso se reflete em suas escolhas.
  2. Permita-se enfrentar a situação dolorosa da qual você tem fugido. Chore, grite, pense, converse. Dói, mas é preciso. Evitar a verdade é sinônimo de sofrimento e temos certeza de que você não quer isso. É hora de seguir em frente.
  3. Ultrapasse seus limites e fuja da zona de conforto. Quando aceitamos que a verdade dói e que continuar é preciso, nós desenvolvemos habilidades inexistentes até então. Por exemplo, passamos a ser mais resilientes, valorizar as pequenas coisas, entender o que (não) é aceitável para si.
  4. Assim como você tem a sua verdade, o seu colega também. Respeite a verdade dele como gostaria que respeitassem a sua.
  5. Leve em consideração somente o que te faz feliz. Insistir na infelicidade é insistir na mentira.
  6. Pratique a verdade com quem está próximo de você. Como dissemos aqui, a verdade dói, mas é um mal necessário. Mas tente ser gentil à medida do possível e tenha em mente que está fazendo por esta pessoa o que gostaria que fizessem por você.

Passar por situações que vão nos causar algum tipo de dor nunca é fácil, mas acreditamos que você pode ser autor da sua própria história, só precisa entender o que acontece dentro de si. Se precisar de ajuda para isso, entre em contato conosco.

Acompanhe nossos perfis no Youtube, Facebook e Instagram e entenda como trabalhamos em prol da sua felicidade.

Você também pode gostar de ler:

Crédito: KatarzynaBialasiewicz / Tipo de licença: Royalty-free / Coleção: iStock / Getty Images Plus

 

 

ARTIGOS RELACIONADOS