Inteligência emocional: como lidar melhor com os seus sentimentos? | Arita - Treinamento de Inteligência emocional

Inteligência emocional: como lidar melhor com os seus sentimentos?

Inteligência emocional: como lidar melhor com os seus sentimentos?

A inteligência emocional é uma característica essencial, tanto para a vida profissional quanto pessoal. Ela está ligada à capacidade de entender e controlar melhor os sentimentos em diversas situações.

Apesar de ser relevante, a habilidade precisa ser desenvolvida de modo certo. É fundamental estimular alguns hábitos, bem como mudar aspectos de comportamento. Desse jeito, os resultados ficam dentro do esperado.

A seguir, veja como lidar melhor com os seus sentimentos e aprenda a maximizar o nível de inteligência emocional.

Evite julgar as próprias emoções

Um hábito comum entre as pessoas é julgar as próprias reações e encarar as sensações de forma crítica. Isso é muito forte quando emoções negativas, como medo ou tristeza, estão envolvidas. Esse hábito, entretanto, não permite processar direito as emoções.

O ideal é analisar tais aspectos sem julgamentos. Em vez de tentar mudar certo sentimento de maneira abrupta, é melhor procurar entendê-lo. Se um colega de trabalho conseguiu uma promoção e você ficou com inveja, não seja tão rápido em se julgar. Pergunte-se por que essa sensação surgiu e quais são os seus impactos. Assim, é mais fácil compreender e processar esses cenários.

Pratique a empatia para obter a inteligência emocional

A empatia consiste em saber se colocar no lugar do outro e sentir-se como a outra pessoa. Apesar de parecer contraditório, é uma forma de conhecer-se melhor de maneira ainda mais intensa.

Ser empático permite ter uma ótica diferente sobre o mundo e certas situações. A partir disso, é fácil compreender as próprias reações e sentimentos e como isso impacta as outras pessoas.

Ao entender como um modo de falar ou de agir afeta alguém, por exemplo, você pode começar a trabalhar para lidar com os próprios sentimentos de um jeito positivo e adequado.

Mantenha o controle

É impossível desenvolver a inteligência emocional se você se deixa ser controlado por aspectos pouco racionais. Na hora da raiva, da tristeza ou mesmo da alegria, é comum que o julgamento fique afetado. Em uma empresa, por exemplo, decisões que são tomadas baseadas no otimismo ou no pessimismo têm impactos diferentes.

Então, o importante é tomar as rédeas da situação e manter o controle, mesmo diante de cenários desafiadores. Evite ser reativo ou responder muito rapidamente aos sentimentos. Procure analisá-los e até racionalizá-los, de modo que a reação seja menos afetada.

Analise e otimize o seu comportamento

Ser emocionalmente inteligente não é uma missão cumprida de forma pontual. Trata-se de um ciclo que consiste em realizar melhorias cada vez maiores. Então, é essencial ter cuidado com o próprio comportamento.

Faça análises frequentes quanto à maneira como você reage, bem como sobre seus defeitos e qualidades. Defina pontos que devem ser trabalhados e planeje novas mudanças de forma contínua. Desse jeito, é possível ampliar o seu controle emocional.

Lidar bem com os próprios sentimentos é um dos aspectos mais relevantes da inteligência emocional. Ao colocar esses comportamentos em prática, será cada vez mais fácil obter esse resultado e conquistar relacionamentos melhores.

Se ainda tiver alguma dúvida do que fazer, deixe um comentário e participe do debate!

ARTIGOS RELACIONADOS