Desafios de morar sozinho: como a psicologia e a inteligência emocional ajudam contra a solidão? | Arita - Treinamento de Inteligência emocional

Desafios de morar sozinho: como a psicologia e a inteligência emocional ajudam contra a solidão?

Desafios de morar sozinho: como a psicologia e a inteligência emocional ajudam contra a solidão?

Jovens ou velhos, quase todas as pessoas se deparam um dia com os desafios de morar sozinho. Esse passo importante na vida de todos nós não deve ser tomado impulsivamente, muito pelo contrário. Maturidade e planejamento são essenciais para que essa decisão seja feita de maneira assertiva.

Antes de qualquer coisa, é importante ter em mente quais são os motivos que o levaram a morar sozinho. Ter clareza quanto a essas razões é uma das melhores maneiras de obter força e resiliência para superar as diversas dificuldades que surgirão pelo caminho. Nesse post trataremos sobre um dos problemas mais comuns nessa etapa da nossa trajetória: a solidão.

Diversas questões surgem na hora do vamos ver: você não terá ninguém para compartilhar os gastos e cuidados com a casa, ou mesmo um interlocutor para trocar ideias sobre o seu dia. Não é possível comentar um filme que se está assistindo ou rachar uma pizza. Nesse sentido, cultivar inteligência emocional e entender um pouco de psicologia é algo fundamental para obter sucesso.

Você se ama? Valoriza os seus momentos a sós? Isso é importantíssimo para estar apenas consigo mesmo ser algo natural e reconfortante. Amor próprio, autoestima e criatividade são coisas fundamentais no processo de reconhecimento de sua nova vida e em como aprender a apreciar sua solidão.

 

Desafios de morar sozinho

Abaixo, indicamos alguns dos principais desafios e pontos a serem trabalhados quando enfrentamos a vida solitariamente. Leia e reflita sobre cada um deles sobre a sua própria ótica:

  • Tenha em mente um objetivo: o que o levou a tomar essa decisão? Manter isso em mente é uma força motora fundamental que nos livra dos nossos medos e tristezas. Não esqueça o que o motiva e se agarre a isso!
  • Escreva sobre seu cotidiano: fazer anotações sobre os eventos do seu dia e sobre o que você está sentido é um método eficiente de expor e refletir sobre suas emoções e problemas. Se não elaboramos as coisas que passam pela nossa mente e pelo nosso coração, não podemos nos entender.
  • Sua casa precisa ser seu lar: a nova morada combina com sua personalidade? Pergunte-se sobre quais são suas cores favoritas, como você organiza suas coisas e que móveis gostaria de ter em um espaço todo seu. Desorganização na vida acaba se tornando desorganização mental, uma péssima influência para quem pode contar apenas com si próprio.
  • Faça o que você ama, ame o que você faz: coma sua comida favorita, ouça os sons que mais curte, aprecie e aproveite seu espaço e faça o tempo que você passa apenas consigo divertido e revigorante.
  • Esteja perto das pessoas que você ama: receba sua família e seus amigos na sua casa e valorize a companhia deles. Algumas horas de conversa e descontração podem ser reconfortantes quando nos vemos ilhados por nossa própria vida. Liberdade também é saber compartilhar momentos.
  • Estime suas coisas: gosta de animais? Adote e cuide deles! Ama plantas? Decore sua casa com vasos. Sempre quis ter um item especial, como uma rede de dormir ou um instrumento musical? Essa é a hora. Comprometa-se com o que você possui e saiba aproveitar cada momento.
  • Mantenha a mente ocupada: já diz o ditado: mente vazia, oficina do diabo. Em meio ao tédio é fácil se sentir para baixo. Ocupe sua mente com atividades frutíferas. Ouça música, leia e desenvolva pensamentos estimulantes. O ócio só é bom quando é criativo.
  • Não subestime as atividades físicas: estar em ação é uma das coisas que mais proporcionam prazer na vida, aumentando níveis de hormônios essenciais para a nossa felicidade. Esportes e exercícios trazem boas sensações e afastam melancolia e a tristeza.

 

Quando precisar de apoio, conte com a experiência de pessoas que entendem seus problemas. A Arita Treinamentos pode ajudar você a utilizar seu potencial e melhorar a qualidade da sua vida. Nossa história começou em 1990, quando Yasushi Arita passou a compartilhar suas vivências e sensações com pessoas que desejavam conhecer melhor suas qualidades, limitações e essência. Clique aqui para conhecer nosso trabalho e saiba como começar a elaborar seu próprio projeto de vida!

 

Imagem: AntonioGuillem | iStock / Getty Images Plus

 

ARTIGOS RELACIONADOS