Como conversar com o chefe sobre desmotivação? Veja dicas!

Afinal, como conversar com o chefe sobre desmotivação?

Afinal, como conversar com o chefe sobre desmotivação?

Não tenha medo ou vergonha! Conversar com o chefe sobre desmotivação é um passo importante na busca pela realização profissional

Dentro do mundo corporativo, não são raros os casos de desmotivação profissional. Muitas pessoas apresentam este quadro e as causas podem ser diversas, como insatisfação com a remuneração recebida, problemas de relacionamento com os colegas de trabalho, projetos desinteressantes e muitos outros. E quando isso acontece, uma pergunta sempre vem à mente: como conversar com o chefe sobre desmotivação? Se você também já se questionou sobre isso, mas não encontrou uma solução, continue a leitura de post de hoje e veja dicas para conversar com seus superiores sobre o problema.

E agora? Como conversar com o chefe sobre desmotivação?

1 – Prepare-se

Este tipo de conversa não é uma conversa rotineira, do dia a dia. Logo, o seu chefe não está esperando por tal abordagem. Sabendo disso, prepare o seu discurso, pense nos pontos positivos e negativos do que deseja falar e tente se colocar no lugar do chefe.

2 – Momento certo

É fundamental conversar com o chefe sobre desmotivação no momento certo. Não adianta nada tentar estabelecer um diálogo, buscar uma solução, quando o clima está tenso dentro da empresa, quando uma das partes está mais nervosa que a outra.

3 – Honestidade

Seja honesto em suas palavras. Não esconda os fatores que influenciam sua desmotivação no dia a dia. O seu chefe precisa conhecer todos os detalhes para, de fato, tentar alguma solução para o problema.

4 – Faça uma lista

Uma boa maneira para organizar os pensamentos / reclamações / expectativas é fazer uma lista das coisas que geram a sua desmotivação. Coloque os assuntos em ordem de importância, do maior para o menor, e tenha uma boa argumentação sobre cada item. Por exemplo, se a insatisfação é em relação ao salário, coloque este assunto no topo da lista e apresente fatos / provas de que você merece um aumento.

5 – Soluções

Como apontamos no item anterior, o seu chefe não quer ouvir apenas as reclamações. Ele quer, acima de tudo, soluções para os problemas. Homens e mulheres em cargos de liderança precisam lidar com dezenas de situações delicadas ao longo de um dia de trabalho, e o que menos querem é mais problemas necessitando de atenção deles.

6 – Conselhos

Uma boa saída para estabelecer uma conversa mais amena e positiva é pedir conselhos ao seu(sua) chefe. Este tipo de atitude mostra que você está mais aberto(a) e busca uma melhora da situação. Outro ponto é que o(a) chefe se sentirá mais relevante, com a autoestima valorizada ao ouvir este tipo de pedido por parte de um funcionário.

A inteligência emocional pode ajudar?

Sim! Esta é uma metodologia muito eficaz para pessoas que buscam uma vida mais feliz e equilibrada, pessoas que buscam a satisfação no trabalho, por exemplo. Isso acontece porque os treinamentos de inteligência emocional trabalham técnicas que estimulam o autoconhecimento da pessoa, assim como também potencializam suas habilidades.

E outra boa notícia é que você sabe que pode contar com uma empresa que realmente entende do assunto, a Arita Treinamentos! Nosso time é formado por profissionais experientes e que estão em constante aperfeiçoamento técnico. Comprove: fale com um dos nossos especialistas.

ARTIGOS RELACIONADOS