5 passos para aumentar a sua autoestima | Arita - Treinamento de Inteligência emocional

5 passos para aumentar a sua autoestima

O ser humano, desde muito cedo, é condicionado a jogar o foco de seu amor sobre o outro e não sobre si. Primeiro, amamos nossos pais, depois, a professora, mais adiante um namorado e assim vamos vivendo, sempre projetando no outro o objeto do nosso amor.

É como se amar a nós mesmos, em primeiro lugar, fosse um pecado. Talvez pelo medo de cairmos na vala comum do egoísmo, nos desviamos do amor próprio. Cada vez mais vemos pessoas presas nas algemas da baixa auto-estima. Gente que aprendeu que se amar, se gostar, se cuidar é errado. A má notícia é que se a gente não aprender a desenvolver a auto-estima, que é aquele profundo apreço por nós mesmos, nunca conseguiremos atingir a felicidade. A boa notícia é que dá para começar a fazer isso agora mesmo!

1 – Acredite que você PODE se amar

Não é errado. Não é pecado. Não é feio. Pelo contrário: é fundamental que você se valorize, se admire e ame você mesmo. E como fazer isso? Observando as coisas legais que você faz, valorizando suas potencialidades em detrimento de suas fraquezas, celebrando os relacionamentos que têm e as pessoas que estão a sua volta, comemorando cada vitória cotidiana. É preciso se apegar ao que de mais positivo você tem e lembrar-se a todo instante de seu lado de mais luz.

2 – Evite as comparações com outras pessoas

Ninguém é igual a ninguém, já disse Humberto Gessinger, em uma das músicas mais conhecidas dos Engenheiros do Hawaii. Cada ser é único no mundo, com suas habilidades e pontos a melhorar. A velha mania de achar que a grama do vizinho é mais verde que a nossa é cilada das grandes. É preciso respirar fundo e mudar o foco do pensamento cada vez que vier o estímulo de se comparar com outra pessoa. O foco é você, suas escolhas, sua vida.

3 – Pratique algum esporte

Estudos de psicologia europeus mostram que pessoas com má postura têm a auto-estima mais baixa. Além disso, quem não sente o próprio o corpo tem uma tendência a se gostar menos, isso por que não se reconhece enquanto um ser físico. Praticando um esporte, entramos em contato com nosso físico e desenvolvemos algo muito importante: a consciência corporal. Aí, conectamos a mente ao corpo, uma união imprescindível para nos amar mais. Praticar esportes libera endorfina, que dá mais prazer e que, consequentemente, faz com que nos sintamos melhor. Ou seja, só ganhos!

4 – Faça coisas novas

Quando fazemos algo novo colocamos toda a nossa energia de ação e, consequentemente, nos sentimos motivados por fazer. Por isso que sair da monotonia da rotina é super importante para elevar a auto-estima, já que o fazer dispara sentimentos positivos dentro de nós.

5 – Cerque-se de pessoas positivas

“Diga-me com quem andas e te direi quem és” é uma das passagens mais conhecidas da Bíblia. Na psicologia, isso também foi estudado: Napoleon Hill, que entrevistou mais de 16 mil pessoas de sucesso, chegou à conclusão que quando nos cercamos de pessoas positivas e com os mesmos objetivos conseguimos ir mais longe. E, como consequência, temos a nossa auto-estima elevada. Isso por que a união de duas ou mais mentes gera um todo que é muito maior do que as partes individuais, a isso Hill deu o nome de Master Mind, ou a Mente Mestra. Essa energia é capaz de conquistar o sucesso. Resumindo: quanto mais pessoas positivas e na mesma frequência de funcionamento que nós, maior o sucesso e maior a auto-estima.

ARTIGOS RELACIONADOS