10 dicas de como motivar funcionários desmotivados para o novo ano? | Arita - Treinamento de Inteligência emocional

10 dicas de como motivar funcionários desmotivados para o novo ano?

10 dicas de como motivar funcionários desmotivados para o novo ano?

Um funcionário motivado é mais produtivo e toda e qualquer empresa deve buscar isso. Veja como dicas podem te ajudar a ter uma equipe mais feliz e motivada

10 dicas de como motivar funcionários desmotivados para o novo ano?

Sabe aqueles dias em que você se sente desmotivado? Se você, em posição de liderança se sente assim, seus funcionários também podem ter o mesmo sentimento e simples mudanças podem transformar o astral de todos. Acredite, é possível não ter mais um funcionário desmotivado sequer. Duvida? Confira no post de hoje!

Funcionário desmotivado NÃO! Veja dicas para mudar este cenário

1 – Horário de trabalho: empresas com horário flexível de trabalho contam com funcionários motivados, isso porque a rigidez nos horários de entrada e saída (principalmente de entrada) geram frustração, ansiedade e tristeza. Negocie com sua equipe e busque um modelo de carga horária coletiva que deixe as pessoas felizes e que não interfira na produtividade da empresa.

2 – Home office: quer ter um funcionário motivado? Proponha o tão sonhado Home office. Você pode, por exemplo, permitir que o funcionário trabalhe de casa ao menos uma vez por mês, no dia do aniversário, após o cumprimento de metas e em várias outas ocasiões. Não precisar sair de casa e encarar o trânsito do dia a dia é uma grande motivação.

3 – Seja um líder e não um chefe: a figura do chefe autoritário, de cara fechada, que só dá broncas na equipe ainda pode ser uma realidade em muitas empresas em todo o mundo. Porém, é um modelo fadado à extinção. O líder do futuro inspira seus funcionários, é um modelo que todos querem seguir. Evidentemente, as cobranças sempre existirão, mas podem ser feitas de uma forma diferenciada e não pura e simplesmente punitiva.

4 – Abra espaço para decisões dos funcionários: a equipe de trabalho se sente mais motivada quando entende que suas decisões podem ser ouvidas e colocadas em prática. O funcionário que tem a sensação de participar das decisões é mais motivado, mais interessado e efetivamente mais produtivo. Tal medida aumenta a autoestima da pessoa e também a sensação de pertencimento.

5 – Áreas de descanso e lazer: trabalhar oito ou dez horas por dia é necessário, mas também é cansativo. Para não criar um ambiente que desmotive as pessoas, tenha áreas de descanso abertas ao ar livre (se possível) ou mesmo salas de lazer, com jogos, sofás, televisão e outro itens que relaxam. Pausas curtas ao longo do dia podem funcionar como um “gás” necessário para motivar a pessoa.

6 – Proporcione conhecimento: quando a empresa incentiva o conhecimento do funcionário, ela o motiva diretamente. Para tal, busque parcerias com universidades, faculdades e cursos técnicos e profissionalizantes e ofereça à equipe. Funcionário desmotivado pode se transformar em funcionário interessado e compromissado rapidamente.

7 – Vida fora da empresa: convites para happy-hours, ingressos de cinema, teatro e exposição de artes e vários outros elementos assim podem motivar o funcionário, pois a vida fora da empresa é um grande atrativo e cada vez mais necessária nos dias de hoje. O resultado de oferecer vantagens assim é que o funcionário entende a preocupação da empresa com o seu bem-estar e valoriza isso, demostrando a gratidão através de mais empenho no trabalho.

8 – Elogie, elogie e elogie: seu funcionário cumpriu uma tarefa no prazo estipulado e com alto padrão de qualidade? Elogie o mesmo na frente da equipe, reconheça o seu esforço. Automaticamente a pessoa se sentirá mais motivada a repetir o sucesso.

9 – Plano de carreira: criar planos de carreira é uma ótima ideia para não ter mais nenhum funcionário desmotivado. É fácil explicar o motivo: quando o funcionário tem uma ideia de futuro, de salários nos próximos anos, de cargos que pode alcançar, sua motivação aumenta e também a fidelidade com a empresa.

10 – Reduza as restrições: seus funcionários não podem trabalhar, nos dias quentes, de bermudas e saias? Por que não? Quando não contato com o cliente, não há problema! A internet no escritório é controlada por qual motivo? Vivemos a era da informação e este tipo de atitude não é nada motivadora.

Crédito: Nattakorn Maneerat / Tipo de licença: Royalty-free / Coleção: iStock / Getty Images Plus

Lizandra Arita

Graduada em Psicologia pela Universidade Bandeirante de São Paulo e em Engenharia pela FEI, Lizandra Arita é também psicóloga Institucional e Clínica, atuando desde 1998 (22 anos) em treinamentos de autodesenvolvimento. Especialista em PNL (Programação Neuro Linguística), Hipnose e Autohipnose, Rebirthing, Psicodinâmicas, Gerenciamento de Emoções e Conflitos, Lizandra é especialista em casos de depressão, ansiedade, processos emocionais ou comportamentais, problemas de relacionamento, fobias, pânico e transtornos obsessivos compulsivos.

Entre suas especializações, Lizandra tem formação em cursos de aperfeiçoamento de Master Practitioner pela SBPNL, Disney’s Approach to Quality Service (Disney Institute), Os Segredos da Mente Milionária (T. Harv Eker), Unleash the Power Within (Anthony Robbins), Hipnose & Auto-Hipnose (Instituto AmanheSer), Formação Profissional em Renascimento (Instituto Renascimento), Rebirthing (Instituto Sinergia),Grupo Dirigido de Psicodinâmica em Negócios (Cogni MGR), The Healing Potential of Non-Ordinary States of Consciousness (Stanislav Grof), Movie Yoga – Turning Your Life into an Epic Adventure (Tav Sparks), The Adventure of Self-Discovery/A Holotropic Breathwork Experience (Stanislav Grof e Tav Sparks), Gerenciamento de Emoções e Conflitos (Cogni MGR) e Psicologia Pré e Peri Natal (ACT Institute).

ARTIGOS RELACIONADOS

Pular para a barra de ferramentas