Como deixar de ser possessiva - Descubra aqui!

Como deixar de ser uma pessoa possessiva em minhas relações?

Como deixar de ser uma pessoa possessiva em minhas relações?

Primeiramente é preciso compreender que existe um problema e, com isso, adotar novos hábitos no dia a dia. Veja como é possível

Você conhece alguém que é muito(a) possessivo(a)? Ou você é assim? São claros os sinais de amizade possessiva, sinais estes que devem servir de alerta e que indicam a necessidade de uma mudança. Afinal, evoluir como pessoa e se tornar alguém melhor, mais equilibrado, é algo que está ao alcance de todos. Deixar de ser uma pessoa possessiva é possível! Continue a leitura de post de hoje, aqui no blog da Arita Treinamentos e saiba mais sobre o assunto.

Veja como deixar de ser possessiva com 6 dicas

1 – Queira mudar, de verdade

É o primeiro passo para deixar de ser uma pessoa possessiva em suas relações. Não tem outro caminho. É preciso querer mudar, ter a vontade necessária para tal. Normalmente, as pessoas possessivas sabem que são assim, porém não há o interesse real em mudar de vida.

2 – Ser feliz sozinho(a) é possível

A pessoa possessiva tem medo de ficar sozinha e isso gera tal comportamento, de querer ter alguém só para si o tempo todo. Porém, é preciso compreender que a felicidade não é uma exclusividade de que possui um par. Quem mora sozinho e decide seguir por este caminho, pode sim ser feliz. Para tal, é preciso encontrar este equilíbrio, ou seja, encontrar algo na vida que supra a necessidade de ter alguém ao lado.

3 – Peça desculpas

Outro passo fundamental é pedir desculpas à pessoa, ou às pessoas, que sofreram ou sofrem com o seu comportamento possessivo. Pedir desculpas é uma prova de que você está dando um passo adiante, de que está saindo de uma situação para outra. Um sinal de avanço, evolução, e que deve ser realizado.

4 – Pare de bisbilhotar

A pessoa possessiva tem o interesse de bisbilhotar a vida do(a) parceiro(a) o tempo todo e em todas as situações possíveis, como ao verificar as últimas mensagens enviadas pelo celular, os lugares que frequentou e assim por diante. É um sinal de alerta, que deve ser deixado de lado de uma outra para outra, sem desculpa. Lembre-se: a confiança é a alma de qualquer relacionamento.

5 – Mude a rotina

Pessoas com este tipo de comportamento vivem quase que exclusivamente em razão de terceiros, seja de um namorado ou da esposa. E isso tem relação com a rotina. Logo, é preciso mudar drasticamente isso. Adote novos hábitos em sua rotina. Com o tempo, e adoção de novos hobbies e atividades, seu tempo será ocupado com outras atividades e não apenas a preocupação com outras pessoas.

6 – Viva o hoje

Um dos sinais claros da possessividade é o olhar demasiado para o futuro, para o que ainda não chegou. E esse é o caminho que a ansiedade espera encontrar para chegar na vida de todos nós. É preciso, então, viver o presente com mais intensidade. Curta mais o momento de hoje e não pense exclusivamente no que vem pela frente em termos de vida.

A inteligência emocional pode ajudar

Através de treinamentos de inteligência emocional é possível educar a mente e, com o tempo, parar de ser uma pessoa possessiva. São traçadas estratégias e etapas em busca do ponto de equilíbrio emocional relacionado à felicidade e bem-estar, sem que isso dependa de ter alguém ao lado e controlar cada aspecto da vida de quem você ama. E outra boa notícia é que a Arita Treinamentos é uma empresa com mais de 30 anos de know-how na área e que está preparada para realizar um atendimento transparente e personalizado. Comprove: fale com um dos nossos especialistas.

ARTIGOS RELACIONADOS