Falta de empatia no relacionamento - Atenção aos sinais!

Falta de empatia no relacionamento: sinais que alertam o perigo na saúde da relação

Falta de empatia no relacionamento: sinais que alertam o perigo na saúde da relação

É preciso redobrar a atenção aos sinais que podem indicar um distanciamento emocional entre o casal. Ter uma vida a dois mais feliz e equilibrada é possível

Certamente você já ouviu falar que todo relacionamento deve ser estimulado, renovado, aprimorado… que a chama do amor não pode se apagar. E é verdade mesmo! E tudo isso passa, inclusive, por ficar atento(a) aos sinais de falta de empatia no relacionamento. É preciso observar com atenção os pontos que pode indicar algum tipo de perigo em relação à saúde da relação. Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura de hoje, aqui no blog da Arita Treinamentos!

Sinais da falta de empatia no relacionamento

  • Distância cada vez maior: o casal que vive distante, mesmo morando no mesmo teto, é um casal que sobre com a falta de empatia no relacionamento. É preciso ficar atento(a) em situações rotineiras, como as duas pessoas não querendo falar sobre o seu dia, não querendo expor suas angústias e dúvidas e assim por diante.
  • Desinteresse emocional: é o processo de ignorar completamente as questões emocionais do parceiro(a). Por exemplo, o indivíduo que não se importa se o(a) parceiro(a) está chorando após chegar do trabalho ou da casa dos pais. Não se importa se o(a) parceiro(a) está com a cara fechada o dia todo e assim por diante.
  • Programas separados: outro sinal de alerta ocorre quando o casal passa a fazer programas separados. O homem, por exemplo, que prefere somente sair com os amigos e não acompanhar a mulher no happy-hour com o pessoal do trabalho dela. E vice-versa.

A inteligência emocional pode ajudar, sabia?

Através de treinamentos de inteligência emocional é possível identificar os gatilhos que provocam a falta de empatia no relacionamento. Quais são as origens do problema e como buscar soluções para manter a relação mais saudável e com futuro para as partes envolvidas? A inteligência emocional é uma metodologia que analisa profundamente as questões emocionais e psicológicas das pessoas e busca, em parceria com o maior interessado de todos, uma saída equilibrada para uma vida mais saudável emocionalmente, para uma vida mais feliz no relacionamento. Quer saber mais? Entre em contato com quem realmente do assunto: Fale aqui com um dos especialistas da Arita Treinamentos.

O que fazer para combater a falta de empatia no relacionamento

  • Presença (de verdade): é preciso estar presente, de verdade, para combater a falta de empatia no relacionamento. Não basta apenas estar ao lado no dia a dia, é preciso fazer valer a sua proximidade como uma pessoa que pode ajudar em um momento mais delicado, que pode ser um ombro para o(a) parceiro(a) desabafar.
  • Tenha mais interesse: este é um ponto crucial, afinal um relacionamento é composto por duas pessoas diferentes e que enfrentam, normalmente, situações diversas ao longo do dia, que lidam com perfis também variados de amigos e colegas de trabalho e assim por diante. Logo, para ter mais empatia, busca entender o que aconteceu com seu/sua parceiro(a) no dia. Mostre interesse de verdade, converse, mostre uma outra perspectiva e proponha soluções em conjunto.

ARTIGOS RELACIONADOS